Projeto Lontra

Fundada no ciclo do ouro, Tiradentes (MG) preserva, além das igrejas, as tradições culturais e religiosas que se repetem pelos séculos. As procissões por ruas ornamentadas com coloridos tapetes artesanais, missas cantadas e concertos comuns à época serão revisitados até o dia 21 de abril, durante a Semana Santa.

Apoiada pelo coletivo Tiradentes Mais, a associação que reúne empresários e artistas dos segmentos de hotelaria, compras, arte e gastronomia, Tiradentes terá uma programação extensa de celebrações.

Programa

Em 6 de abril, por exemplo, ocorre a Procissão do Depósito. Trata-se de um cortejo que transfere a imagem de Cristo da Matriz até a Igreja de Nossa Senhora das Mercês. No caminho, os músicos e o coral entoam cantos litúrgicos em que um solista entoa versos que são respondidos por um coro. Próprios da Quaresma e de marchas fúnebres, os cantos são composições tradicionais de artistas de Tiradentes de acordo com maestro e presidente da Banda Ramalho, Willer Silveira.

Passinho da Via Sacra, em Tiradentes (MG) Foto: Alberto Lopes

“No percurso entre um templo e outro estão localizados os passinhos, que são pequenas capelas erguidas a partir de 1729 e reproduzem as diferentes cenas da Paixão e a subida de Cristo ao Calvário”, diz Ana Carolina Barbosa, integrante do coletivo Tiradentes Mais.

No dia 7 de abril, está programado o  Domingo do Encontro, que começa às 10h com a Procissão da Rasoura, realizada ao redor da Igreja de Nossa Senhora das Mercês, seguida de missa solene. Às 18h, a Procissão do Encontro, no Largo do Rosário, reunirá um cortejo que sairá da Igreja de Nossa Senhora das Mercês conduzindo a imagem do Senhor dos Passos e um outro grupo da procissão de Nossa Senhora das Dores que sairá da Igreja de São João Evangelista. Após o encontro os dois grupos seguem até a Matriz, onde ocorre o Sermão do Calvário.

Leia também: https://viasustentavel.com.br/museu-da-natureza/

A programação de atividades religiosas ainda inclui a celebração da entrada de Jesus em Jerusalém antes de ser crucificado, no domingo de Ramos. Às 9h30, na Matriz, sai uma procissão rumo ao Santuário da Santíssima Trindade, seguida de missa solene e canções religiosas.

Semana Santa

No dia 15 de abril (segunda-feira), ocorre a Procissão de Jesus com Apóstolos, com saída às 19h da Matriz para a Igreja de Nossa Senhora das Mercês, onde é reproduzido um horto com plantas e folhas em uma alegoria ao Monte das Oliveiras. Na terça-feira (16 de abril), os fiéis participam da Procissão da Prisão de Jesus, com saída da Igreja de Nossa Senhora das Mercês e retorno para a Matriz, com parada na Igreja do Rosário para uma encenação da passagem que remete ao beijo da traição de Judas. Nesse trajeto, toda a Rua Direita é apagada e ganha iluminação apenas das velas dos participantes do cortejo e das tochas dos atores que representam os soldados romanos que prendem Jesus.

Encerramento

Ruas decoradas em Tiradentes. Foto: César Reis

Já na quarta-feira (17 de abril), às 19h, a Via Sacra é encenada nas ruas da cidade por atores de um grupo teatral da cidade, com saída da Igreja do Bom Jesus da Pobreza e encerramento na Matriz. Na quinta, dia 18, ocorre a cerimônia do lava-pés às 19h, na Matriz. Na sexta-feira (19 de abril), tem início a adoração da Cruz e, às 20h, a cerimônia do descendimento do corpo de Cristo da cruz seguida de procissão com coral.

O sábado (20 de abril) é marcado pela Vigília Pascal, a partir das 19h na Matriz, com bênção do fogo e Círio Pascal. A programação da Semana Santa finaliza-se na manhã do domingo de Páscoa (21 de abril), com a Procissão da Ressureição que sai da Matriz e  segue pelas ruas históricas da cidade que ganham, neste dia, tapetes de serragem colorida e as casas se enfeitam com flores nas janelas e balcões.

Saiba mais tiradentesmais.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here