Projeto Lontra

Todos os 50 navios da frota da Royal Caribbean Cruises Ltd. estarão livres de canudos de plástico em 2019. Todas as companhias de cruzeiros que compõem o grupo, leia-se, Royal Caribbean International, Celebrity Cruises, Azamara Club Cruises, TUI Cruises e Pullmantur Cruzeiros estão primeiramente eliminando o uso de canudos de plástico e estão a caminho de um abrangente programa de eliminação de plásticos descartáveis.

Há mais de um ano, os navios da RCL já atuam com uma política de “canudos plásticos por demanda”. Esse programa será aprimorado no início de 2019, quando os hóspedes que fizerem o pedido receberão um canudo de papel em vez de um de plástico. Quem viajar na frota no próximo ano também começará a ver mexedores de café feitos de madeira do Forrest Stewardship Council e enfeites para drinks feitos de bambu, como parte da estratégia de redução de plástico.

Projeto Lontra

“Oceanos saudáveis são vitais para o sucesso da nossa empresa”, disse Richard Fain, Presidente e CEO da Royal Caribbean Cruises Ltd. “Por mais de 25 anos, nosso programa Save the Waves nos guiou para reduzir, reutilizar e reciclar tudo o que pudermos. A eliminação de plásticos descartáveis é outro passo nesse programa.”

Depois dos canudos, mexedores de café e enfeites, os próximos esforços da empresa se concentrarão em outros plásticos descartáveis como as pequenas embalagens de condimentos, copos e sacolas. Uma auditoria completa está em andamento com o plano geral a ser completado em fases até 2020.

Desde 1992, o programa Save the Waves da Royal Caribbean traz as melhores práticas de sustentabilidade para os navios da empresa. O programa introduziu centros de reciclagem de última geração a bordo dos navios, que são equipados com trituradores, enfardadeiras e compactadores, bem como britadores para vidro, lâmpadas, latão e alumínio. Seu objetivo é “aterro zero”, ou seja, todo resíduo é reutilizado, reciclado ou incinerado. A RCL já faz isso para seus navios que operam em portos com instalações adequadas. Quanto ao resto, o desperdício médio para aterro foi reduzido para menos de 230g por dia por pessoa – menos de 1/8 da média dos EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here